Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Vigilância Epidemiológica

No Brasil a caxumba não é um agravo de notificação compulsória, porém o Rio Grande do Sul possui a notificação de casos individuais da doença no Sinan desde a década de 70. A notificação de surtos no Sinan foi implementada em 2016.

Fluxo de Informações

É fundamental para o monitoramento da doença e discussão de medidas de controle que os casos sejam notificados para as vigilâncias municipais e inseridos no sistema de informação (SinanNet):

  • De forma individual ou;
  • Em situações de dois ou mais casos em instituições fechadas – no módulo surto;

Ainda, é importante o monitoramento dos casos para identificações de complicações. As complicações identificadas também devem ser informadas à vigilância.

Arquivos anexos

Centro Estadual de Vigilância em Saúde