Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Ambiental

A implantação da Vigilância Ambiental em Saúde, com um novo modelo de atenção, significa um avanço fundamental nas ações de promoção e proteção à saúde da população. Ela se dá por meio do monitoramento e do controle de uma variedade de problemas decorrentes do desequilíbrio do meio ambiente, visando a eliminar ou a reduzir a exposição humana a fatores prejudiciais à saúde.

Chefe da Divisão: Lucia Beatriz Lopes Ferreira Mardini

E-mail: lucia-mardini@saude.rs.gov.br

Fone: (51) 3901-1106

ORGANIZAÇÃO

A Divisão de Vigilância Ambiental em Saúde (DVAS) está organizada de acordo com os fatores ambientais de risco à saúde

NVRAAB - Núcleo de Vigilância dos Riscos e Agravos Ambientais Biológicos:
  • Vetores
  • Reservatórios
  • Animais peçonhentos
NVRAAnB- Núcleo de Vigilância dos Riscos e Agravos Ambientais Não Biológicos
  • Água para Consumo Humano
  • Exposição a Solos Contaminados
  • Exposição a Poluentes Atmosféricos
  • Substâncias Prioritárias (Agrotóxicos, Mercúrio, Chumbo, Benzeno e outros)
NEAAS - Núcleo de Eventos Ambientais Adversos à Saúde 
  • Desastres Ambientais

PROSAN - Programa de Saneamento para Municípios de até 5.000 habitantes

Centro Estadual de Vigilância em Saúde