Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Situação Epidemiológica/Dados

Notificar permite a análise dos dados para se verificar a magnitude do problema, dando a medida da sua carga sobre segmentos populacionais vulneráveis. Pode-se programar políticas públicas específicas e intervenções para determinadas populações específicas, realizando delineamento de estratégias de enfrentamento das violência e promoção da cultura de paz, utilizando-se, por exemplo, alguns dados importantes presentes na notificação: frequência e tipo de violência, caracterização das pessoas em maior situação de vulnerabilidade, identificar locais de ocorrência (possibilitando direcionar as intervenções para regiões prioritárias e de maior risco), disseminar as informações, a fim de incorporar o conhecimento sobre o agravo aos serviços de saúde, para aprimorar as medidas de prevenção, atenção integral e de promoção da saúde; monitorar  a efetividade das ações de vigilância, prevenção, atenção, promoção e proteção.

Para fazer análises e pesquisas sobre dados epidemiológicos da Violência Interpessoal e Autorprovocada no Estado do Rio Grande do Sul - Sistema SINAN - faça a pesquisa através do TABNET.

Cenário das violências no Rio Grande do Sul:

Estima-se que as notificações da violência não demonstre a realidade, por ser subnotificada.

  • No Brasil, o Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) revela que o número de óbitos por violência apresenta taxas de crescimento significativas, porém, alguns autores apontam para as limitações desse sistema na identificação precisa das situações de violência contra mulheres.
  • Atualmente, os dados sobre a violência no âmbito da saúde são registrados no Sistema de Informações sobre Agravos de Notificação (SINAN), via Ficha de Notificação de Violência Interpessoal e Autoprovocada. Este cenário notificado no Sistema SINAN, não correspondendo aos dados da Segurança Pública, que apresenta números bem maiores.
  • Para montar tabelas mais detalhadas e personalizadas que as demonstrados abaixo, vá para o link do TABNET.
  • Nas tabelas apresentadas abaixo, pode-se verificar  os números  crescentes das notificações da violência no Sistema SINAN. Isto provavelmente se deve ao aumento da sensibilização dos profissionais quanto à necessidade de obrigação da notificação da violência, que se iniciou com a implantação de várias leis federais e políticas públicas voltadas para o enfrentamento da violência.

 

Série Histórica - Notificações de Violência (.pdf 351,16 KBytes)

Centro Estadual de Vigilância em Saúde